Linha 12 – Leopoldina

Santos Dumont – Gramacho 
Marrom – 27,7 km – 28 estações

Assim como a Linha 5, a Linha 7 propõe uma modernização de um  ramal da Supervia. O ramal Saracuruna seria modernizado completamente e se ligaria ao centro de uma forma alternativa à atual.

O desvio do tradicional caminho pela Triagem seria feito por dentro do bairro de São Cristóvão, dessa forma se evita as baldeações múltiplas  no corredor Triagem-Central, decentralizando a malha. A linha ligaria pelo subterrâneo a Central do Brasil à estação Marquês de Sapucaí, devido a integração com a Linha 4, à Leopoldina, compartilhada com a Linha 9, e a São Cristóvão, nas estações Quinta da Boa Vista e Luiz Gonzaga, a última compartilhada com a Linha 3.

A Linha 7 teria uma estação para o bairro do Vasco da Gama, beneficiando o centro esportivo de São Januário e seguiria para uma estação em Benfica, na região do Cadeg e do Pedregulho.

Como dito, haveria uma estação Leopoldo Bulhões com integração com a estação Herédia de Sá da Linha 2. Essas estações seriam agraciadas com passarelas para acesso dos usuários dos bairros Benfica, Rocha, Manguinhos e Jacaré. Nesse ponto, a linha se integraria com as atuais linhas da Supervia, voltando a ser de superfície.

A partir daí a linha seguiria ao trecho idêntico ao atual ramal Saracuruna da Supervia, que é:

  • Manguinhos
  • Bonsucesso
  • Ramos
  • Olaria
  • Penha
  • Penha Circular
  • Brás de Pina
  • Cordovil
  • Parada de Lucas
  • Vigário Geral

O projeto ainda prevê aumentar o número de estações em Duque de Caxias entre “Gramacho” e “Duque de Caxias”. As estações seriam:

  • 0 km – Duque de Caxias
  • 1,1 km – Centenário
  • 1,7 km – Corte 8
  • 3 km – Vila Leopoldina
  • 4 km – Gramacho

A Linha 7 faria um desvio para o oeste, ao invés do sentido leste do ramal dos trens urbanos. Dessa forma, mais uma população nunca antes beneficiada poderia utilizar-se de um sistema de transporte em massa. Essa região poderia intercalar trechos de superfície e subterrâneos e haveriam mais 12 estações:

  • Jardim Leal (Av. Pedro Lessa/R. Luiz Leal)
  • Olavo Bilac (Praça Otávio Carneiro)
  • Jardim Metrópole (estação intermediária)
  • Raimundo Sampaio (Av. Coronel Raimundo Sampaio/Av. Gerânios)
  • Vila São João (Praça José Basbaum)
  • Cruz Alta (Av. Automóvel Clube/Av. Euclides da Cunha)
  • Vilar dos Teles (Praça Vitória)
  • Jardim Meriti (R. Presidente Lincoln/R. Pastor Joaquim Rosa)
  • Vila Rosali (Linha 2)
  • São Nicolau (cruzamento com a linha ferroviária auxiliar)
  • Cosmorama (R. Manuel Pinto Ribeiro/Via Light)
  • Anchieta (Linha 5)

Devido a uma possível baixa demanda, todo esse trecho na Baixada poderia ser feito com um modal diferente, como BRT (corredores de ônibus) ou VLT (veículo leve sobre trilhos).

Além desses 40 km, mais um trecho de 24 km poderia ser feito. Nesse blog, ele é considerado optativo, podendo ser feito por outro modal, já que passa por uma região menos populosa que a da Linha 5, que seria paralela a essa extensão.

O trecho passaria pela Baixada e a seção norte da Zona Oeste, nas intermediações da Av. Brasil, fazendo uma ligação direta inédita. Seriam 14 estações:

  • Parque Anchieta
  • Vila Militar – linha 5
  • Magalhães Bastos – linha 5
  • Batan – linha 10
  • Água Branca
  • Cancela Preta
  • Vila Catiri
  • Vila Kennedy
  • Sete Riachos – linha 12
  • Teixeira Campos
  • Lameirão
  • Parque São Pedro
  • Pedra Angular
  • Campo Grande – linha 5

10 estações fariam baldeação com outras linhas:

  • Linha 1: Passeio, Praça Onze
  • Linha 2: Cruz Vermelha, Leopoldo Bulhões
  • Linha 3: Vasco da Gama, Parada de Lucas
  • Linha 4: Cruz Vermelha
  • Linha 5: Cidade Nova, Leopoldina
  • Linha 6: Parada de Lucas
  • Linha 9: Bonsucesso
  • Linha 11: Passeio, Cidade Nova

Como dito, haveria uma estação Benfica com integração com a estação Herédia de Sá da linha 2. Essas estações seriam agraciadas com passarelas para acesso dos usuários dos bairros Benfica, Rocha e Jacaré.

Anúncios

2 Respostas para “Linha 12 – Leopoldina

  1. Acho essa linha muito estranha, dá volta em Anchieta, passar pela Baixada e voltar ao Rio, e até sinistro. se bem que da linha 6, que fiz e assim, mais um pouco melhor que essa.

    • O traçado é meio estranho atualmente sim a partir de Gramacho, mas serviria muito bem pra distribuir as demandas da Baixada. A linha vai mais para o sul (Anchieta) porque a demanda é maior do que o norte da Serra do Mendanha.

      Uma ideia em aberto é fazer um Y que deixaria menos estranho o traçado. Um iria para o leste (Saracuruna), outro iria para o oeste (Vilar dos Teles, SJM, etc). Mas ainda é preciso discutir como isso vai ser.

      Obrigado pelas visitas constantes!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s