Hoje todos ramais (sic) operam com atraso

page

Mais uma crise no desgovernado Rio de Janeiro. Mais uma vez o Governo do Estado se blinda de suas responsabilidades por trás da concessão. Partidas da Central do Brasil foram suspensas por quase 1h e o sistema ainda está irregular. Motivo: descarrilamento de uma composição, CNR fase 2, no ponto mais vital de todo sistema de transportes da metrópole: o viaduto da Francisco Bicalho.

Por que o Centro de Operações Rio não se manifestou sobre o ocorrido, além de um mero RT? Com a chuva, era situação pro município entrar em “estado de crise”, acionar os consórcios operadores do sistema de ônibus (Rio Ônibus) para reforçar frota no Centro, auxiliar o Metrô Rio para operação emergencial e orientar transferência para SuperVia no Maracanã como contingência. É assim que vão #cuidardaspessoas? Ignorando o que acontece naquilo que não é de sua competência direta mas afeta os cidadãos e trabalhadores da cidade do Rio de Janeiro? E a Integração ficou só nas olimpíadas, Secretaria Municipal de Transportes – SMTR – Rio de Janeiro? O que aconteceu com o CIMU (Centro Integrado de Mobilidade Urbana)? Era só para os gringos verem? Não temos mais plano de emergência? Ou melhor, tivemos um dia? Passaram as festas dos Jogos Olímpico e tudo voltou ao que sempre foi.

O Governo do Estado do Rio de Janeiro está falido! E, muito, por culpa da corrupção envolvendo suas concessões e contratações. Falta autoridade e capacidade para gerir e investir no sistema. Temos uma agência reguladora, Agetransp, que só aparece depois dos problemas. Uma concessão mal concebida, engessada, endividada, rumo à insolvência, com desequilíbrio financeiro e quem paga a conta é o povo. Se a concessionária está ganhando menos do que deveria por contrato, o povo paga na tarifa mais cara. Se a concessionária ganha mais do que deveria, a Agetransp ordena investir o excedente no próprio sistema (enquanto o povo continua pagando mais caro na tarifa e gerando mais lucro indevido). Há incentivos, apenas, aos que interessam: ônibus, ICMS a 12% no diesel enquanto SuperVia e Metrô-Rio pagam 32% na energia elétrica. Juros altos, dificuldades e impossibilidades de investimento imobiliário desperdiçam potencialidades. E, agora, nosso excelentíssimo presidente ainda financia frota com juros subsidiados pelo BNDES.

Governo Federal, este, que é proprietário da malha ferroviária e deveria repassar ao Estado valores referentes à manutenção da malha e dos bens da antiga RFFSA. Também deveria exigir que a MRS Logística permita o tráfego dos trens de passageiros entre Japeri e Barra do Piraí, o Barrinha. Deveria… A incompetência e conveniência dos últimos governos com empreiteiras e com as concessionárias fazem a população de refém!

A mídia fecha os olhos para o problema propositalmente. Os principais veículos de comunicação não se importam com os pobres do subúrbio, baixada, Zona Norte e Oeste que usam o sistema metroferroviário. Mas se fosse na Zona Sul… “Trem descarrila em Copacabana” – manchetes em todo o mundo!

Não precisa de muito para mudar radicalmente o dia-a-dia de parcela significativa dos cariocas. O investimento no famigerado BRT #TransBrasil, se direcionado para a malha metroferroviária da SuperVia, já faria “milagres”. Colocando o sistema numa nova realidade. Desenvolver novas centralidades: explorar o potencial de geração de renda fora do eixo Centro-Zona Sul é fundamental para nos desenvolvermos e as localidades atendidas pelos trilhos é parte vital nesse processo. Não é difícil, não é caro e ainda é rentável, todos sairiam ganhando. Melhoraria a vida de milhares, talvez milhões. Falta, apenas, vontade! Mas não parece ser conveniente ter vontade…

Enquanto isso, mais um dia no Rio de Janeiro, chove em algumas regiões.

“Senhores passageiros, a SuperVia informa
Hoje todos os ramais operam com atraso
Senhores passageiros, a SuperVia informa
A composição vazia só vai fazer manobra

Senhores pasageiros, a SuperVia é foda
Seu trem vai dar entrada lá na outra plataforma
Senhores passageiros, quem quiser chegar na hora
Melhor sair correndo que ele vai partir agora”
(“A SuperVia deseja a todos uma boa viagem” – Gangrena Gasosa)

Anúncios

2 Respostas para “Hoje todos ramais (sic) operam com atraso

  1. A RFFSA abandonou a Rio D’Ouro. O projeto do Metropolitano em 1968 previa terminal da Linha 2 em São João de Meriti, sem aproveitamento dos antigos ramais.

    Porém, tanto Belford Roxo quanto as demais localidades atendidas pela antiga Rio D’Ouro são distantes o suficiente do centro do Rio e com demanda o suficiente ao extremo leste e sul para justificar serviços expressos. O ideal seria recuperar o atendimento, com linhas expressas atendendo Miguel Couto, Santa Rita, Adrianópolis, Cava e Xerém, além de Belford Roxo. No Rio, esse sistema pode utilizar a linha auxiliar, passando por Madureira e sendo um serviço paralelo a Linha 2 totalmente expresso.

  2. Prezados,
    No projeto inicial do metrô era a sua extensão até Belford Roxo, pq seria a contrapartida pega desativação de uma linha férrea que fazia o percurso do caju ao reservatório de jaceruba.
    Hoje, lamentavelmente, o metrô funciona apenas na Guanabara, ou seja, de fato ainda não ocorreu a fusão: de um lado, rio de janeiro nadando em dinheiro. De outro, a região metropolitana pobre e carente de infraestrutura. Já que os recursos dá fusão são empregados em quase sua totalidade, na capital ou Guanabara ou cidade do Rio, como queiram.
    Que apodreça na cadeia o desgraçado que podia reverter a situação e não a fez.
    Saudades de Brizola e os CIEP, chagas Freitas e sua da baixada, Marcelo Alencar e via light e até do garotinho e várias obras fora da capital

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s